O deputado federal baiano Igor Kannário (DEM) está entre os 10 parlamentares mais faltosos da Câmara em 2019. Em um levantamento feito pelo portal IG, o parlamentar-cantor aparece com 30 faltas não justificadas, aparecendo em sétimo na lista. Aparecem na frente do baiano Tereza Nelma (PSDB-AL), Luiz Flávio Gomes (PSB-SP), Giacobo (PL-PR), Sebastião Oliveira (PL-PE), Paulo Freire Costa (PL-SP) e Elcione Barbalho (MDB-PA).
É o primeiro ano de Kannário no cargo. A ausência, segundo o regimento interno da Câmara, só se justifica se os deputados apresentarem os seguintes motivos: "missões oficiais autorizadas", "doenças graves", "tratamento de doenças graves", "acompanhamento de gravidez", "falecimento de pessoa da família, até segundo grau", "atendimento de obrigação político partidária" e "impossibilidade de transporte". A Casa conta com 513 parlamentares. 
Por meio de nota, a Câmara informou que ausências em sessões em que há votações são passíveis de desconto salarial do parlamentar. Entretanto, caso a falta seja justificada até 30 dias após a realização da mesma, não cabe desconto. A Câmara não informou se houve punição salarial de algum deputado durante o ano. O salário bruto de um deputado federal é de R$ 33.763,00.